Monday, February 02, 2015

Eu sou o melhor gajo do mundo a cuidar de bebés tanto que última vez que um bebé bolsou no meu colo foi no Optimus Alive de 2012 e foi porque os Snow Patrol começaram a tocar, que os putos babam-se todos mas não são parvos e há mães que vêm do estrangeiro só para me pôr os miúdos no colo, como uma a gaja que veio da Madeira e que dizia que o filho era a encarnação do diabo, só porque o gajo dizia algumas cenas em latim (que para mim é apenas um sinal de eloquência) e incendiava gatos com o olhar e mal o puto aterrou no meu colo, começou logo a rir como quem diz: eu conheço este gajo de algum lado; e sempre que ele começava  a aparvalhar, eu espetava-lhe com o “Pires de Lima”, que não é mais do que falar de forma enrolada, acentuando as vogais, repetindo sempre a última frase do discurso e ás tantas estabeleci uma confiança tal com ele, que até lhe dei as minhas chaves de casa para brincar e o que é fato é que até hoje não fui assaltado, o que prova que o ser humano é essencialmente bom e que Rousseau ganha a Hobbes em qualquer dia da semana e a mãe do gajo ainda me pediu para gravar umas frases feitas no telemóvel, estilo: “Sai de cima dos canteiros” ou “Isso são diuréticos. Mete os dedos à boca!” só para ele sentir a minha autoridade, mesmo no estrangeiro e acho que o gajo agora está impecável e já nem come bolotas.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home